Declaração Imposto de Renda 2017

Declaração imposto de renda 2017, chegou a tão temida hora de prestar contas a Receita Federal.

Elaboramos um artigo para ajudar você nessa tão temida hora.

Qual o programa para fazer a declaração?

O programa para fazer a declaração imposto de renda 2017 é o programa da Receita Federal.

Ele pode ser encontrado no site da Receita Federal.

Quais os documentos necessários?

Antes de começar a preencher a declaração imposto de renda 2017, certifique-se que você tenha os seguintes documentos:

  • documentos que comprovem a compra ou venda de alguma posse.
  • comprovantes de gastos com educação e saúde. Essa informação será utilizada no hora do abatimento.
  • comprovantes de pagamento da pensão alimentícia.
  • comprovantes de doações ou herança recebida.
  • informe de rendimento do seu salário, aposentadoria, pensão do INSS, investimentos tributáveis e/ou aluguéis.
  • comprovantes de ganho de capital com investimentos em ações.

Quem deve fazer a declaração Imposto de Renda 2017?

É obrigado a fazer a declaração imposto de renda 2017 a pessoa física residente no Brasil, que em 2016 se enquadre em uma ou mais situações abaixo:

  1. Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte totalizando um valor acima de R$40.000,00.
  2. Obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e semelhantes.
  3. Possuía, em 31 de Dezembro, posse ou propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total acima de R$300.000,00.
  4. Optou pela isenção do imposto de renda sobre o lucro da venda do imóvel e utilizou o dinheiro para comprar outro imóvel no Brasil, em até 180 dias após a assinatura do contrato de venda.
  5. Obteve receita bruta superior a R$142.798,50 em atividade rural ou que pretende compensar prejuízos de 2016 ou anos passados também oriundos de atividade rural.

Declaração Imposto de Renda 2017 – Simplificada ou Completa

Quando você estiver fazendo a declaração do imposto de renda 2017, o programa da Receita Federal irá solicitar que você escolha entre a declaração simplificada ou a completa.

Na declaração simplificada todas as suas deduções admitidas serão substituídas, e será aplicada um desconto de 20% sobre o valor dos seus rendimentos tributáveis limitado ao valor de R$16.754,34.

Já a declaração completa levará em conta os seus gastos com saúde e educação, de acordo com as notas fiscais, tanto pessoais como de dependentes.

A dedução relacionada a educação tem um limite de R$3.561,50, já a educação de seus dependentes pode chegar até R$2.275,08.

A dedução relacionada aos gastos com saúde não têm limite para dedução.

Você pode incluir na categoria “gastos com saúde”, os seguintes casos:

  • pagamentos efetuados, com nota fiscal, a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais.
  • despesas oriundas de exames de laboratório, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.

Ambas as opções são válidas, você terá que analisar qual declaração é mais vantajosa para você, sem contar que o programa da Receita Federal ajuda você nessa decisão.

Conforme você preenche os campos, o programa informar qual é o melhor tipo de declaração a se fazer no seu caso.

Quem posso declarar como meu dependente?

Quando estiver fazendo a sua declaração do imposto de renda 2017, você poderá incluir na sua declaração as deduções dos seus dependentes.

Abaixo elaboramos uma lista de quem poder ser seu dependente:

  • o seu companheiro(a) com quem você tenha filho ou viva há pelo menos 6 anos juntos.
  • cônjuge
  • filho ou enteado de até 21 anos, ou até 24 anos caso esteja cursando ensino superior ou escola técnica.
  • filho ou enteado ou em qualquer idade quando incapacitado para o trabalho motivado por deficiência física ou mental.
  • irmão, neto ou bisneto desde que você tenha guarda judicial e de até 21 anos, ou em qualquer idade nos casos de incapacidade física ou mental para o trabalho.
  • pais, avós e bisavós desde que em 2016 eles tenham recebido rendimentos tributáveis ou não de até R$22.847,76.
  • menores pobres de até 21 anos caso você tenha a guarda judicial, crie e eduque.
  • pessoas absolutamente incapazes cujas quais você é tutor ou curador

Em 2017 será obrigatório incluir o CPF dos seus dependentes acima de 12 anos.

Caso o seu dependente ainda não tenha o CPF, será necessário tirar o mais breve possível.

Para ajudar você nessa questão, elaboramos um artigo aonde explicamos como tirar o CPF de um menor de idade.

Posso corrigir a minha declaração depois de enviar?

Sim, você pode corrigir a sua declaração imposto de renda 2017. A Receita permite que você envie até 28 de Abril de 2017 uma declaração retificadora.

Após o prazo limite, você ainda poderá retificar a sua declaração, porém não poderá trocar a forma de tributação.

Sendo que o seu prazo limite para retificar a sua declaração é de 5 anos.

Posso atrasar a entrega da minha declaração?

Se você for obrigado a declarar, não poderá atrasar. Se atrasar, você terá que pagar uma multa.

A sua multa será de pelo menor R$165,74.

Por isso fique atento ao prazo final de entrega que é no dia 28 de Abril de 2017.

Quando será restituído o imposto de renda?

A restituição do imposto de renda será feita em 7 lotes,conforme a lista abaixo:

  • Lote 1: 16 de Junho de 2017
  • Lote 2: 17 de Julho de 2017.
  • Lote 3: 15 de Agosto de 2017.
  • Lote 4: 15 de Setembro de 2017.
  • Lote 5: 16 de Outubro de 2017.
  • Lote 6: 16 de Novembro de 2017.
  • Lote 7: 15 de Dezembro de 2017.

Aonde os primeiros que receberão a sua restituição serão os contribuintes que entregarem primeiro, aqueles com pelo menos 60 anos, os portadores de deficiência física ou mental e os contribuintes portadores de moléstia grave.

Acesse a página da Receita Federal para consultar a sua restituição.

Mais informações sobre a declaração do imposto de renda.

A Receita Federal elaborou um arquivo com todas as possíveis dúvidas que o contribuinte possa ter na hora de fazer a declaração imposto de renda 2017.

Para ter acesso ao arquivo, basta acessar o link da Receita Federal.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Receita Federal

O Fisco já começou a aceitar as declarações de imposto de renda. Então não deixe para a última hora e faça logo a sua declaração imposto de renda 2017.


Se você gostou do artigo, ou ficou com alguma dúvida, deixe um cometário aqui em baixo.

Iremos responder o mais breve possível.

Não se esqueça de curtir, aqui do lado esquerdo, a nossa página no Facebook.

AULA GRÁTIS DE EXCEL

Se você quer aprender Excel, assista a essa aula 100% grátis.

E não se esqueça de se INSCREVER no canal do nosso parceiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *